Congregação dos Sagrados Estigmas De nosso senhor Jesus CristoPresente no Brasil desde 1910
Província Sta. Cruz

Aula Inaugural 2020: "A Cultura do Encontro"

Aula Inaugural 2020:

 

A CULTURA DO ENCONTRO
- Aula Inaugural 2020
 -


Nos dias 27 e 28, no Centro de Espiritualidade Estigmatina, Fazenda Santana, aconteceu a Aula Inaugural, para os Formandos da Província Santa Cruz, com o Superior Provincial. 

O tema proposto para esse ano foi a “A cultura do Encontro”. O encontro começou no dia 27, às 11h00, com a Santa Missa de Abertura presidida pelo Superior Provincial, Pe. Jordélio Siles Ledo, a participação dos formadores Pe. Gilberto Dias Nunes, Pe. João Batista da Silva Pereira, Pe. Joaquim Alberto Rodrigues, Pe. Rodrigo Piola e os Formandos das Etapas formativas do Aspirantado, Postulado, Noviciado e Professório. Às 14h30, tivemos a primeira parte da Aula Inaugural onde Pe. Jordélio introduziu a questão da “Cultura do Encontro”, algo tão pedido e trabalhado pelo Papa Francisco em suas Encíclicas. Para isso, abordou um trecho da Gramática de Pe. Gaspar que destaca a questão do jejum durante o período quaresmal, enfatizando que, todo o caminho quaresmal, deve ser feito com alegria. O jejum e a abstinência devem promover em nós um resgate do bem-estar espiritual. Os encontros devem nos proporcionar um desinstalar de si mesmo, pois cada um de nós vem de uma realidade, de uma cultura, de uma família. Logo em seguida, foi apresentado, nos slides, a família e a cidade de cada formando, promovendo o  encontro com a cultura de cada um. 

Concluímos este primeiro dia, fazendo uma caminhada vocacional, a partir da contemplação dos Estigmas, que nos apontam para a “Ternura de Deus”. Durante o caminho da contemplação os formandos foram convidados a plantarem mudas de árvores, ipês e quaresmeiras de diversas cores no futuro Jardim dos Estigmas da Fazenda Santana, remetendo a quem somos, quais são nossas origens e para onde iremos. Encerramos esse primeiro dia com o jantar e a convivência comunitária. 

No dia 28, pela manhã, tivemos a segunda parte da Aula Inaugural, onde Pe. Jordélio proporcionou um exercício sociométrico, onde foi possível perceber nossas relações no encontro com o outro. Tudo isso para percebermos as teias de relações que vamos criando, no dia a dia, do nosso discernimento vocacional dentro ou fora das nossas Casas de Formação; promovendo uma cultura do encontro entre os formandos.

Em seguida, Pe. Jordélio utilizou a passagem da Samaritana no poço com Jesus, e do exemplo de Santa Dulce dos Pobres, para mostrar que a Cultura do Encontro precisa de uma raiz espiritual. Enfatizou a oração como encontro: o encontro consigo mesmo, o encontro com Deus, o diálogo com Deus e o silêncio diante de Deus. 

A oração profunda é libertadora e nos proporciona viver a cultura do encontro marcada pelo ver, sentir e cuidar, propostos pela Campanha da Fraternidade de 2020! 

Entendemos que a Cultura do Encontro é um tema que deve ser trabalhado em todas as etapas formativas da Província Santa Cruz. É um caminho de humanização que nos aponta para o seguimento a Jesus Cristo.

O encontro terminou com a Santa Missa.


Galería de Fotos